MercadoNotícias

8 raças de cavalo criadas no Brasil: conheça as mais populares

Os cavalos são animais admirados pela sua graça, beleza e capacidade de conexão com os humanos. No Brasil, esses animais possuem uma história que se inicia em 1534, com registros na Vila de São Vicente. Desde então, diferentes raças brasileiras de cavalos marcaram presença em diversas áreas, desde o trabalho em fazendas até o esporte equestre.

Nesta matéria, nós guiamos você por uma jornada apresentando as 7 principais raças de cavalos brasileiros. Além de conhecer a história e características de cada uma delas, você entenderá como cada raça aprimora suas habilidades de acordo com suas atividades específicas.

Qual é a história dos cavalos no Brasil?

O relacionamento do brasileiro com os cavalos evoluiu muito ao longo dos séculos. Ainda que inicialmente fossem importados, os cavalos se espalharam por todo o território nacional. Com isso, eles passaram a fazer parte de diferentes contextos, desde o trabalho no campo até competições, rodeios e momentos de lazer. E as diversas raças brasileiros se destacam no cenário internacional.

Quais são as principais raças de cavalos no Brasil?

1. Quarto de Milha

A primeira raça em nossa lista é o Quarto de Milha. Conhecida por sua velocidade e inteligência, essa raça possui grande destaque em competições equestres e é notada por sua fácil domesticação. Sua poderosa força muscular faz dele um excelente corredor de curta distância.

2. Mangalarga

O Mangalarga é uma raça criada no Brasil, sendo um produto do cruzamento entre as raças Árabe, Alter e Andaluz. Utilizado tanto em esportes hípicos quanto em fazendas, o Mangalarga chama atenção pelo seu porte e movimentação trotada.

3. Mangalarga Marchador

Conhecido por sua pelagem lisa, fina e sedosa, o Mangalarga Marchador é outra raça que ganhou notoriedade no Brasil. Este cavalo apresenta um temperamento dócil e ativo, além de uma marcha que alterna os apoios, marcando um ritmo constante e simétrico.

4. Brasileiro de Hipismo

O Brasileiro de Hipismo é uma raça recente, resultado do cruzamento de diferentes raças europeias. Essa raça é conhecida pela sua agilidade, inteligência e docilidade, sendo muito utilizada em modalidades de salto e equitação.

5. Campolina

O Campolina, criado no final do século XIX em Minas Gerais, é especialmente reconhecido pelo seu porte grande e movimentos harmoniosos. Este cavalo é apreciado pela sua beleza e conforto ao montar.

6. Crioulo

De origem gaucha, o Crioulo é resultado do cruzamento de várias raças. A sua inteligência, força e resistência são marcas registradas, sendo muito utilizado em trabalhos nas fazendas e competições equestres regionais.

7. Campeiro

Por fim, o Campeiro, que se originou no século XVI, é uma raça ideal para lazer e lida de campo, conhecido por sua marcha com apoios desencontrados e pelo conforto para o cavaleiro.

Luis Ronaldo Soares

Sou apaixonado por televisão, jornalismo e notícias de diversas áreas. Desde criança, a televisão sempre foi minha janela para o mundo, e meu interesse em jornalismo cresceu à medida que percebi seu poder de informar e inspirar. Adoro acompanhar notícias sobre política, ciência, cultura e eventos globais, mantendo-me sempre atualizado. Minha curiosidade insaciável me leva a explorar diferentes perspectivas e aprofundar meu entendimento sobre o mundo ao meu redor.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo