Mercado

Quais as principais técnicas de cultivo em ambiente controlado na aquicultura?

A aquicultura é uma prática essencial na produção controlada de organismos aquáticos, sendo um campo diversificado que abrange desde peixes até crustáceos, moluscos, algas e até mesmo animais semiaquáticos como rãs e tartarugas. Esta atividade possibilita não apenas o cultivo em água doce, mas também em ambientes marinhos, proporcionando uma fonte sustentável de alimentos e recursos naturais.

Dentro da aquicultura, destacam-se duas técnicas principais de cultivo controlado:

  1. Os tanques-rede são estruturas flutuantes colocadas em corpos d’água naturais, como mares, rios e lagos. Semelhantes a grandes gaiolas, são construídos com redes ou telas revestidas para garantir um fluxo contínuo de água. Isso mantém os organismos no seu habitat natural, facilitando o controle da alimentação e das condições ambientais, enquanto protege os animais de predadores naturais.
  2. Os viveiros escavados são ambientes artificiais criados ao escavar uma área específica, que pode ser forrada com filmes plásticos ou outros materiais. Esses viveiros permitem um controle detalhado dos fatores ambientais cruciais para o cultivo, como a qualidade da água, a temperatura e a nutrição dos organismos. Essa técnica proporciona condições ideais para o desenvolvimento saudável dos animais cultivados, minimizando os impactos adversos ao meio ambiente.

Essas técnicas não apenas aumentam a eficiência na produção de alimentos aquáticos, mas também contribuem para a conservação dos ecossistemas naturais, ao mesmo tempo em que promovem a sustentabilidade no uso dos recursos marinhos. A diversidade de métodos disponíveis na aquicultura reflete a constante inovação e adaptação necessárias para enfrentar os desafios de um ambiente aquático em mudança.

Lucas Alves

Jornalista e revisor. Atualiza diariamente as principais notícias do mercado agrícola.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo